fbpx

10 dicas para controlar a ansiedade – A 10ª é fantástica



10 dicas para controlar a ansiedade – A 10ª é fantástica


10 dicas para controlar a ansiedade ainda hoje, confira nesse artigo tudo o que você precisa saber.

Segundo dados da OMS, cerca de 9,3% da população brasileira sofre do transtorno de ansiedade, ou seja, cerca de quase 20 milhões de pessoas. Então se você não sofre é muito provável que alguém muito próximo a você esteja vivendo os problemas causados pele ansiedade.

Para identificar se você sofre de ansiedade, fique atento a estes sintomas:

  • Mente agitada ou inquieta
  • Dificuldades para relaxar
  • Não se conecta com o presente
  • Preocupação exagerada com o futuro
  • Foca a atenção nos pensamentos negativos
  • Pensa sobre tudo o que ainda não fez
  • Insônia
  • Ataques de pânico
  • Tensão muscular e cansaço físico exagerado
  • Tremores
  • Preocupação excessiva
  • Medos irracionais
  • Falta de ar ou respiração ofegante
  • Dor no peito e arritmia cardíaca
  • Déficit de atenção e de memória
  • Insatisfação constante
  • Dificuldade de lidar com lentidão
  • Dificuldade em desfrutar da rotina
    A ansiedade não tem cura, mas tem controle. Aliás, todos nós temos ansiedade em maior ou menor grau. É comum sentir-se ansioso na véspera de uma prova, de um grande evento, de fechar um negócio e isto nos mantém atentos para que possamos realizar estas atividades da melhor maneira.
    Portanto aqui vou passar algumas dicas para você controlar a sua ansiedade e melhorar a sua qualidade de vida.

10 dicas para controlar a ansiedade

1. Se cobre menos

Por mais que a gente queira, não conseguimos ter o controle sobre tudo o que está acontecendo à nossa volta, seja em casa ou no trabalho precisamos aceitar que algumas não sairão conforme o planejado e se isso ocorrer, basta corrigir e fazer novamente, sem maiores cobranças.

2. Pratique atividades físicas

Praticar atividades físicas ajuda a lidar com estados de ansiedade, porque eleva a produção de serotonina, substância que aumenta a sensação de prazer.

3. Controle a respiração

Para reduzir as reações do sistema nervoso autônomo, devemos fazer o controle da respiração. Isto pode ser feito compassando a respiração e inspirando lentamente pelo nariz, com a boca fechada. Ao inspirar deixar o abdome expandir-se, ou seja, estufar a barriga e não o peito. Depois, expirar lentamente, expelindo o ar pela boca. Isto pode ser feito em qualquer lugar, a qualquer hora. Além disso, quando você estiver em um ambiente silencioso e com possibilidade de ficar deitado, use uma técnica de relaxamento. O relaxamento combinado com a respiração diafragmática, certamente, reduzirá a respiração ofegante, a taquicardia e o tremor.

4. Evite pensamentos negativos

Em situações de ansiedade que se estendem por longos períodos, recomenda-se que a pessoa evite os pensamentos negativos ou catastróficos. Quando um pensamento negativos nos perturbar, devemos analisá-lo e buscar o lado bom de cada situação. Cerca de 99% do que pensa uma pessoa ansiosa, não vai acontecer.

5. Tenha uma alimentação saudável.

Para controlar a ansiedade, podemos ingerir alimentos que sejam fonte de triptofano, um aminoácido precursor da serotonina, como a banana e o chocolate. Outra possibilidade é ingerir o triptofano em cápsulas, junto com vitamina B6 e magnésio.

6. Mantenha foco de atenção no presente

Se você se dedica ao momento presente, você tem total capacidade de análise, julgamento e ação, portanto esta é uma boa forma de controlar a ansiedade. Quando a mente passeia aleatoriamente entre passado e futuro, sem direcionamento para um planejamento, você pode se perder nas ideias e a ansiedade pode iniciar ou piorar.

7. Seja mais organizado, defina prioridades

Quem é desorganizado, gasta tempo para achar o que precisa, acumula coisas sem utilidade, dificultando o bem-estar e acaba por criar sentimentos de ansiedade. Trabalhar, estudar e viver em ambiente minimamente organizado, ajuda no equilíbrio emocional e controle da ansiedade. Além disso, pessoas com uma organização maior do seu tempo, conseguem aproveitá-lo melhor, o que reduz muitos fatores causadores de ansiedade.

8. Tire um tempo para você mesmo

Seja capaz de dedicar um pouco de tempo e energia a você mesmo. Descubra o que você mais gosta de fazer, algo que te traga prazer e realização pessoal. Dedique-se aos seus hobbies, à novos aprendizados, à caridade e você verá como sua ansiedade diminuirá.

9. Cuide bem do seu momento antes de dormir

Evite ações que levam a agitação, preocupação e desgaste. Nem sempre podemos prever o que pode acontecer pouco antes de dormir, mas aquilo que depende de nós, devemos fazer bem feito. Procure conversar assuntos mais sérios, fora do horário de ir para cama. Ponha um freio mental em pensamentos de tomada de decisão em momentos de relaxamento. Mudar a vida dentro da cabeça na hora de ir dormir, só gera ansiedade e perda de sono.

10. Procure um hipnoterapeuta e faça hipnose

Geralmente, o início da ansiedade está ligado a um ou vários acontecimentos do passado, que desencadearam uma emoção muito forte, a qual gerou este transtorno. Conforme vamos crescendo, vamos acumulando outras experiências até o momento em que os sintomas da ansiedade começam a ficar evidentes, vários deles foram descritos no início deste texto e prejudicam a nossa saúde mental e até mesmo nossa saúde física.
A hipnose não trata apenas os sintomas, mas através de técnicas como a regressão, busca a origem da ansiedade em momentos da vida da pessoa. Depois de descoberto, se faz um processo de ressignificação destes fatos, para que os acontecimentos do passado não influenciem na vida presente.

Gostou das 10 dicas para controlar a ansiedade? Então compartilhe essa publicação com seu amigos!

Autor: Junior Mores

Deixe uma resposta

Abrir chat
Dúvidas?